23/01/2018 - Cultura

 Conheça a cultura local de Baixo Guandu e Fundão

 Mapeamento dos municípios de Baixo Guandu e Fundão



Quais são os patrimônios materiais e imateriais de um lugar? Você saberia facilmente identificar e acessar, por exemplo, uma banda típica de sua cidade? Moradores dos municípios de Baixo Guandu e Fundão, no Espírito Santo, receberam um grande incentivo na democratização da cultura e sua preservação: o lançamento do mapeamento cultural de cada município.
 
As publicações, que registram parte das manifestações locais, como o artesanato, a música, a culinária, além dos espaços culturais destas cidades, contribuem para a valorização e o registro da identidade cultural nos territórios de atuação da Vale e para o protagonismo de seus atores culturais. Exemplares impressos foram entregues aos representantes culturais mapeados, às prefeituras e às secretarias de cultura dos munícipios contemplados e estão disponíveis para a população em locais públicos, como escolas e bibliotecas, para que a cultura local possa ser acessada por todos.
 
Estação Cultural
 
O mapeamento é fruto do projeto Estação Cultural, que consiste em transformar as estações de passageiros das Estradas de Ferro Carajás (EFC) e Vitória a Minas (EFVM) em espaços culturais temporários. A partir de um mapeamento preliminar, a Fundação Vale busca identificar as manifestações das localidades e desenvolver, em parceria com o poder público e atores culturais locais, ações gratuitas utilizando a própria estação de trem e espaços disponíveis no seu entorno (praças, escolas, etc.) como espaços culturais para a comunidade em geral. A publicação de Baixo Guandu e Fundão é resultado de um estudo de 20 dias realizado nos dois municípios, localizados ao longo da EFVM, com o objetivo de diagnosticar e registrar manifestações culturais locais.
 
Você pode conferir as versões digitais das publicações de Baixo Guandu e de Fundão clicando aqui.