03/10/2017 - Saúde

 Fundação Vale e Prefeitura de São Luís selam parceria para projeto em saúde

 Início de uma nova etapa do Projeto Ciclo Saúde



Um Termo de Cooperação assinado pela Fundação Vale, Prefeitura de São Luís e Centro de Promoção da Saúde (Cedaps) marca o início de uma nova etapa do Projeto Ciclo Saúde. A iniciativa promoverá formação de profissionais que atuam na Atenção Básica e disponibilizará equipamentos e mobiliários para sete unidades de saúde na Região Itaqui-Bacanga e zona rural de São Luís. As atividades do projeto têm duração de 14 meses e estão previstas para iniciar agora em outubro.

O Ciclo Saúde surge com o objetivo de fortalecer a estratégia de Atenção Básica em São Luís, atuando em dois eixos: Formação e Equipagem. A Formação prevê um ciclo de capacitação de profissionais das Unidades Básicas de Saúde e de representantes da comunidade. Para a Vale, essa é uma ação que contribui para a melhoria na qualidade de vida da comunidade, conforme conta o Relações Institucionais da Vale, Dorgival Pereira. “Acreditamos que o Ciclo Saúde, desenvolvido pela Fundação Vale, vai gerar bons resultados durante a sua implementação, uma vez que todas as etapas do projeto irão promover melhorias no atendimento, beneficiando diretamente as pessoas que vivem nas comunidades da região Itaqui-Bacanga e na zona rural”, explica.
 
No eixo de Equipagem, centros e postos de saúde serão aparelhados para promover educação em saúde, melhorar a qualidade do ambiente de trabalho dos profissionais, assim como promover melhor atendimento à população. Entre os equipamentos que serão entregues estão aparelhos de pressão, sonar para detecção fetal, balanças infantis, cadeiras para coleta de sangue, oftalmoscópios e computadores. Segundo o Secretário Municipal de Saúde, Lula Fylho, a parceria entre poder público e privado é fundamental para alcançar os resultados esperados. "Sem parceria, não conseguiríamos avançar da maneira que a cidade precisa. A Fundação Vale chega em um bom momento para uma área que é de fundamental importância para a Atenção Básica", ressaltou.
 
Esta é a segunda edição do Ciclo Saúde no Maranhão. A primeira aconteceu em Açailândia em 2014 e 2015. Três Unidades Básicas de Saúde foram contempladas pelo projeto em comunidades diferentes: Vila Ildemar, Vila Pequiá e Assentamento Califórnia. Ao todo, foram entregues 178 instrumentos/móveis, voltados para criar ambientes favoráveis ao desenvolvimento de ações educativas, melhorar a qualidade do ambiente de trabalho e a assistência à saúde da comunidade, tais como aparelho de pressão, balança, mesa ginecológica e outros. Foram capacitados 122 profissionais de saúde e representantes das comunidades.