28/11/2017 - Cultura

 Jovens de Canaã debatem sobre cultura e protagonismo

 Evento foi realizado na Casa de Cultura Canaã dos Carajás



Uma roda de conversa, com o tema “Cultura afro-brasileira: o protagonismo juvenil como meio de reafirmação”, reuniu esta semana na Casa da Cultura de Canaã dos Carajás, cerca de 60 jovens, alunos da rede pública do Ensino Médio da Escola Carmelo Mendes, no bairro Ouro Preto, e da Escola João Nelson dos Prazeres Henriques, no Centro.
 
Na semana da Consciência Negra, o evento possibilitou abordar assuntos como: igualdade racial, direitos, história e cultura, além de permitir que os jovens de Canaã identifiquem a pluralidade cultural da cidade e busquem o reconhecimento e a valorização desta identidade. “O papel do protagonismo juvenil é ensinar o respeito e mostrar a cultura de todos, para que Canaã chegue a ter sua própria identidade, mas dando valor a todos que estão aqui”, pontuou a estudante Aline Alves de Oliveira, membro do Grupo Jovens Protagonistas de Canaã.
 
A abertura e a mediação do encontro foram realizadas por Diane Pereira Sousa, coordenadora de projetos do Instituto Formação. “Neste diálogo com os jovens foi curioso perceber que a cidade não tem uma cultura própria, é o resultado de uma diversidade, embora estejamos num estado muito forte culturalmente, neste cenário o protagonismo tem um papel fundamental no reconhecimento da diversidade e da pluralidade local”, afirma a coordenadora reforçando o protagonista juvenil a partir do respeito a todos.
 
Além das rodas de conversa, o evento contou com apresentação de capoeira e um desfile das integrantes do grupo de crespas e cachos.