Produtos do AGIR EFC chegam às prateleiras dos supermercados

 O AGIR é um programa desenvolvido pela Fundação Vale


Uma boa notícia sobre o Programa de Apoio à Geração e Incremento de Renda (AGIR) da Estrada de Ferro Carajás: já é possível comprar alguns produtos em uma grande rede de supermercados do Maranhão. Os azeites e óleos de coco babaçu, produzidos pelo empreendimento Sabores de Arapapá, com sede em Alto Alegre do Pindaré (MA), podem ser encontrados nas prateleiras degrandes lojas, onde estão expostos produtos importados e iguarias artesanais.
 
A inserção da produção do AGIR EFC na rede Mateus se deu após uma negociação entre o Programa, por meio da Rede Mulheres do Maranhão, o grupo de supermercados e a empresa EcoBrasil, que é cliente do AGIR. Uma vez garantido que os empreendedores tinham como absorver a demanda sem interromper o abastecimento, iniciou-se uma estratégia de apresentar os produtos. “Fizemos uma primeira ação oferecendo degustação e ornamentação com palhas da palmeira, cacho de coco babaçu, promotora treinada e utilizando materiais de apoio como panfletos e folders”, conta o analista da Fundação Vale e coordenador do AGIR EFC, Marcus Finco. “Envolvemos os funcionários oferecendo degustações para que todos conhecessem os produtos e o discurso de vendas estivesse alinhado”, completa Finco.
 
Um dos participantes da Sabores de Arapapá, Raimundo de Almeida vê a nova realidade como um grande passo para o negócio, superando as expectativas que tinha no início do Programa. “Antes vendíamos no trem e agora alcançamos um novo patamar. É uma coisa sensacional”, comemora Raimundo.


Sobre o Programa Agir EFC
 
O AGIR é um programa de geração e incremento de renda desenvolvido pela Fundação Vale. A iniciativa tem como objetivo apoiar negócios sociais coletivos, respeitando desejos e vocações das comunidades, mas adequados à realidade socioeconômica local. Hoje, 160 empreendedores integram o programa em 23 negócios sociais distribuídos em setemunicípios ao longo da ferrovia, no Maranhão e Pará. Os empreendedores recebem apoio em infraestrutura, maquinário e acompanhamento técnico em toda a gestão integrada dos negócios (produção, venda, compras e tesouraria/administrativa). Todos os produtos do Programa AGIR integram a Rede de Mulheres do Maranhão, uma iniciativa que propõe a integração entre os negócios sociais.