05/12/2017 - Saúde

 Vale e Fundação Vale assinam termo de cooperação para implantação do Ciclo Saúde em Governador Valadares

 Assinatura do termo aconteceu no último dia 28


 
A sala Diamante, da Prefeitura Municipal de Governador Valadares, abrigou na última semana uma solenidade para assinatura do termo de cooperação entre Vale, Fundação Vale a Administração Municipal para a implantação do projeto Ciclo Saúde na cidade. O evento contou com a presença do prefeito André Merlo, parte do secretariado e membros do Núcleo de gestão estratégica e inovação em Saúde do município, além de representantes da Vale.
 
 
O Ciclo Saúde já acontece em municípios ao longo da Estrada de Ferro Vitória a Minas desde 2014 e é a primeira vez que será desenvolvido num município polo e com o porte de Governador Valadares. Diante disso, algumas adequações precisaram ser feitas para atender as necessidades locais. “A realidade daqui é bem diferente de todos os locais que já passamos, então todas as mudanças nos parâmetros a serem seguidos foram definidos mediante o plano estratégico que foi traçado desde o início da gestão pelo NGEIS para a saúde em Valadares” avaliou o analista de Relações com Comunidades da EFVM, Alexei Bastieri.
 
O programa vai trabalhar em dois eixos principais: formação continuada para equipes de saúde da família e equipagem das unidades de saúde ou núcleos de educação permanente seguindo as premissas do Ministério da Saúde. Na prática, o Ciclo Saúde vai funcionar da seguinte forma: seis salas de aula de escolas de Governador Valadares serão transformadas em espaços devidamente equipados com mobiliários e equipamentos para capacitar profissionais das equipes de estratégia de saúde da família. A iniciativa vai contar ainda com a parceria da Universidade Vale do Rio Doce (Univale) como uma multiplicadora das ações do programa nas diversas frentes de trabalho que executa.
 
O Ciclo Saúde tem como finalidade dar ainda mais qualificação às rotinas de trabalhos com cursos e oficinas aos profissionais que atuam nessas áreas por meio de um apoio educacional permanente com previsão de um ano de duração. “O Ciclo Saúde é um programa muito importante, pois concentra os trabalhos na porta de entrada do nosso atendimento de saúde. Ele vai ajudar na nossa missão de enfrentar o desafio do atendimento básico, contribuindo para mudar processos de trabalho e gerar assim, resultados. Basicamente, vai qualificar e trazer infraestrutura para gerar impactos positivos no campo da saúde primária”, finalizou o empreendedor público do NGEIS, Rômulo Gusmão.