Fundação Vale

Balanço de atividades da Fundação Vale no ES em 2018

Header Espirito Santo

Em 2018, a Fundação Vale atuou em sete municípios do estado do Espírito Santo. R$ 4 milhões foram investidos no Museu Vale e na Estação Conhecimento de Serra, ambos ativos da Fundação na região. Além disso, os resultados das duas iniciativas capixabas contempladas pelo Edital Reconhecer, prêmio que apoia atividades de instituições sem fins lucrativos, foram acompanhados de perto neste período.

Museu Vale: 20 anos democratizando a cultura

O Museu Vale tem como proposta a democratização da cultura, a preservação do patrimônio material e imaterial brasileiro, além de ser um centro de fomento e realização de exposições de arte contemporânea. Como um viés da sua atuação, o Museu Vale acredita no potencial da arte na formação cultural e pessoal de crianças e jovens, por meio de ações de educação patrimonial em torno da memória ferroviária, bem como de workshops baseados nas mostras temporárias de arte contemporânea que realiza anualmente. Seu principal objetivo é promover um trabalho inclusivo, integrando a comunidade às ações e programas educativos que realiza.

Em duas décadas, o Museu recebeu mais de 1,7 milhão de visitantes, promoveu 48 exposições, entre mostras coletivas e individuais de 215 artistas nacionais e internacionais, tais como Joseph Beuys, Antônio Manuel, Waltercio Caldas, Nelson Leirner, Amilcar de Castro, OS GEMEOS, Vik Muniz, Irmãos Campana, Cildo Meireles e Nelson Felix.

Em 2018, em comemoração aos 20 anos de atividades no Espírito Santo, o Museu Vale promoveu a mostra coletiva de arte contemporânea chamada de “20/20 – 20 anos de Museu Vale, 20 artistas do Espírito Santo”, que reuniu 75 trabalhos nas mais diversas linguagens artísticas, como pintura mural, instalações, esculturas, gravuras, fotografias, bordados, pinturas e desenhos, mesclando a produção atual de artistas plásticos capixabas da nova geração com a de artistas já veteranos.

Na abertura da mostra, foi lançado o livro “Museu Vale 20 anos”, que conta a história do Museu desde a construção da EFVM e teve uma tiragem de 1,5 mil exemplares. O livro foi distribuído gratuitamente para bibliotecas públicas brasileiras, além de outras instituições.

Estação Conhecimento Serra: educação, cultura e esporte para a juventude capixaba

Inaugurada em 2011, a Estação Conhecimento (EC) Serra, no Espírito Santo, disponibiliza a crianças e adolescentes uma programação bastante ampla e diversificada nos temas educação, cultura e esportes. Dentre as atividades oferecidas há natação, judô, atletismo, futebol, música, cursos de línguas, informática, robótica, oficinas de convivência e cidadania, ações de incentivo à leitura e apoio pedagógico, além de oficinas de arte urbana, grafite, parkour e hip hop. A EC possui ainda uma horta, a partir da qual os atendidos aprendem noções de agroecologia, preservação do meio ambiente e adoção de hábitos alimentares saudáveis.

Por meio do programa Empreendedores do Futuro, aberto às comunidades próximas à EC, em 2018, 920 jovens de 14 a 18 anos receberam apoio para sua iniciação profissional, mediante incentivo ao empreendedorismo e desenvolvimento de competências e habilidades que contribuem para o aumento de sua empregabilidade.

Através de parceria com a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) foi iniciado o atendimento médico clínico aos jovens atendidos pela EC. A iniciativa é uma contrapartida da pesquisa que os universitários estão realizando para dimensionar o impacto do esporte e da alimentação na vida dos jovens. Outra atividade resultante dessa parceria é a conversação com estrangeiros que estão fazendo intercâmbio na universidade, o que permite aos alunos da EC o contato com outras línguas.

No final de 2018, a Estação Conhecimento Serra foi anfitriã do 1º Encontro das Estações e recebeu em sua unidade jovens da Estação Conhecimento Brumadinho, de Minas Gerais, e do Centro de Treinamento de Deodoro, do Rio de Janeiro. Este encontro, além de promover a confraternização entre os jovens, favoreceu o intercâmbio de experiências e possibilitou o enriquecimento cultural de todos ao final da jornada. Com duração de dois dias, o evento reuniu 150 participantes.

Edital Reconhecer incentiva projetos sociais

Durante ano de 2018 foram executados os projetos selecionados pelo Edital Reconhecer 2017. Com o objetivo de apoiar projetos sociais de instituições sem fins lucrativos voltados à Geração de Trabalho e Renda, Educação e Saúde, o Edital contemplou dois projetos capixabas com o valor de até R$ 30 mil.

​​​​​