Fundação Vale

Balanço de atividades da Fundação Vale no MA em 2018

Header Maranhão

Em 2018, a Fundação Vale atuou em 24 municípios do Estado do Maranhão, nos quais foram investidos R$ 14,7 milhões em programas de quatro áreas: Geração de Trabalho e Renda, Educação, Saúde e Cultura. Além disso, a Fundação Vale é mantenedora da Estação Conhecimento de Arari. Ao todo, mais de 70 mil pessoas foram beneficiadas nesse ano.

Premiação e Certificação Orgânica para a Rede Mulheres do Maranhão

A Fundação Vale prospectou negócios sociais e promoveu a formação empreendedora, com assessoria técnica e mentoria em diversos processos administrativos por meio do programa de Apoio à Geração e Incremento à Renda (AGIR) em 6 municípios do Maranhão, envolvendo mais de 200 empreendedores sociais.

Dentre estes empreendedores, a Fundação apoia a Rede Mulheres do Maranhão (RMM), grupo de 116 mulheres, que vêm se fortalecendo e incrementando sua cadeia produtiva. As ações da RMM renderam o primeiro lugar nacional na categoria Sustentabilidade do Prêmio Ser Humano Oswaldo Checcia, concedido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH).

No final de 2018, a RMM obteve a Certificação Orgânica, que vai possibilitar que a Associação de Produtores Rurais de Boa Vista do Alto Alegre do Pindaré comercialize os produtos nos mercados americano e europeu, além de fortalecer a comercialização no mercado nacional.

Mais de 45 mil pessoas beneficiadas na área de Saúde

A Fundação Vale mantém 5 projetos voltados para a área de Saúde no Maranhão, que impactaram mais de 45 mil pessoas ao longo de 2018.

O Programa Ciclo Saúde, que contribui para o fortalecimento da Atenção Básica, capacitou 571 profissionais, em 12 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de São Luís, que receberam cerca de 483 equipamentos e mobiliários, impactando os cerca de 36 mil atendimentos dessas unidades.

O Programa Casa Saudável tem como premissa promover ações comunitárias de educação em saúde e autocuidado com a aplicação de tecnologias sociais relacionadas ao acesso de instalações sanitárias, fontes de água potável e de alimentos para a melhoria das condições de vida das comunidades. Em 2018, o Casa Saudável ajudou 351 famílias, construindo 185 banheiros secos, 251 cisternas e 351 hortas. O empoderamento e o alto grau de engajamento das mulheres participantes, que se organizaram em grupos para liderar os mutirões para construção das tecnologias sociais, reforçam a relevância do Programa nas regiões de atuação.

O Projeto Casa Saudável foi o vencedor da categoria Sustentabilidade do Prêmio Ser Humano, da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Maranhão (ABRH-MA), que reconhece e valoriza iniciativas dedicadas ao desenvolvimento das pessoas dentro e fora das organizações.

O Programa Cuidadores em Saúde, que capacita agentes de saúde das comunidades, atendeu 300 famílias, impactando cerca de 1.200 pessoas em três municípios do Maranhão. A Fundação realiza, ainda, em 25 municípios do estado, o Programa de Vigilância Nutricional que orienta mães, pais e familiares no acompanhamento e cuidado com o desenvolvimento das crianças.

Cerca de 5 mil crianças menores de 6 anos foram impactadas. A quinta iniciativa, o Programa Estação Saúde, promove orientações sobre saúde bucal, da mulher e do homem, para os passageiros do trem na Estrada de Ferro Carajás. No último ano, quase 1.500 pessoas passaram pelo teste de HIV, Sífilis e Hepatite B.

Incentivo à leitura

Buscando ampliar o acesso ao livro e a leitura literária no processo de formação de crianças e jovens, a Fundação Vale realiza projetos na temática de Educação em São Luís e Arari.

Em Arari, através do projeto Rotas e Redes Literárias, foram entregues, em 2018, para todas as escolas municipais, urbanas e rurais, um equipamento móvel com acervo literário, somando mais de 8 mil livros para o município. No final do ano, foi realizado um grande seminário, que reuniu cerca de 90 professores, colocando a leitura em pauta e sensibilizando todos sobre a importância de inserir a leitura literária nos planejamentos de aula.

Ainda em Arari, está em curso o Programa de Educação Integral na Prática, que visa apoiar o município na implantação da educação integral na rede pública de ensino. A Fundação tem contribuído com a elaboração de diagnósticos da rede de ensino, construção da Política de Educação e formação de equipe técnica do município e gestores escolares. Em 2018, foram formados 50 profissionais de Educação.

Em São Luís, a Fundação Vale atua em parceria com a Secretaria Municipal de Educação para desenvolver a Educação de Jovens e Adultos (EJA) desde 2015. O objetivo é a formação dos professores, para promoção da leitura no processo de alfabetização. Em 2018 foram disponibilizados mais de 300 livros e a formação de professores, somando mais de 40 horas de capacitação. Além disso, a Fundação realizou o projeto “Percursos didáticos entre jovens e adultos”, em parceria com o Grupo Hidrau Torque (GHT) e a Secretaria Municipal de Educação, para fortalecer as ações de formação no município.

Estação Conhecimento de Arari

Em 2018, a Estação Conhecimento de Arari atendeu 568 alunos inscritos, de 23 comunidades de município próximos, que realizaram atividades nas áreas de esporte, cultura e educação no contraturno escolar.

A conclusão da formulação do novo Projeto Político-Pedagógico (PPP) da Estação Conhecimento, documento que vai nortear suas atividades socioeducativas nos próximos anos, foi um importante marco do ano. O Projeto foi elaborado em conjunto com a área de Educação da Fundação Vale e servirá como referência para a implantação dos novos PPP das demais Estações Conhecimento. Além de traçar as novas diretrizes de Educação da Estação, o PPP também contribuirá para compatibilizar suas ações às das escolas da rede municipal de ensino, dentro da proposta de educação integral dos alunos, em um momento em que as escolas da rede também estão revisando seus Projetos.

Destaca-se o Prêmio Empresário Amigo do Esporte que a Vale recebeu da atual Secretaria de Esportes do Ministério da Cidadania, como reconhecimento pelos investimentos em atividades desportivas no Estado do Maranhão.

No final de 2018, a Estação Conhecimento Arari foi anfitriã do 2º Encontro das Estações e recebeu em sua unidade jovens das Estações Conhecimento Marabá e Tucumã, ambas do Pará. Este encontro além de promover a confraternização entre os jovens, favoreceu o intercâmbio de experiências e possibilitou o enriquecimento cultural de todos ao final da jornada. A ‘aventura’ começou antes mesmo do evento, com a viagem no Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás, uma novidade para a maioria. Com duração de dois dias, o evento reuniu 60 participantes.

Promoção da cultura local

O Centro Cultural Vale Maranhão tem como objetivo contribuir para o acesso à cultura e à preservação do patrimônio cultural brasileiro. O ativo cumpre o duplo papel que cabe que é, de um lado, abrir oportunidades para artistas, criadores, produtores de cultura e, de outro lado, abrir oportunidades para o público de interagir com a produção cultural e com a arte, a oportunidade de ser tocado ou transformado por ela. Em 2018, foram mais de 124 mil visitantes e 234 eventos realizados, como oficinas, palestras, shows, exposições e espetáculos.

​​​​​​​